ANF garante disponibilidade de testes rápidos nas farmácias

A Associação Nacional das Farmácias (ANF), através de comunicado, veio assegurar que “existe disponibilidade de testes rápidos à covid-19 nas farmácias portuguesas”.

“Os portugueses podem estar tranquilos que as farmácias dispõem de quantidade suficiente para responder ao aumento da procura do serviço de realização de testes antigénio e autotestes”, afirmou Ema Paulino, presidente da ANF, citada na nota divulgada.

A ANF acrescenta ainda que os testes têm vindo a ser distribuídos por todas as farmácias, de forma homogénea.

“Após a declaração do estado de calamidade por parte do Governo, verificou-se um pico de procura por este tipo de testes, razão pela qual têm vindo a ser distribuídas quantidades controladas a cada farmácia por forma a garantir um fornecimento homogéneo no território nacional”, explicou Ema Paulino, na nota.

A Associação das Farmácias, indicou ainda que “na próxima semana o abastecimento será reforçado”.

Segundo o mesmo comunicado, na “sexta-feira, 26 de novembro, as farmácias portuguesas realizaram 30.147 testes de antigénio, número ainda inferior aos 35.475 registado a dia 30 de julho”.

02-12-2021